30
Out 10
30
Out 10

Enquadramento Teórico (1ª reformulação)

Tecnologia e Educação

  1. Dimensões em Causa (a rever)
    • Pedagógica
    • Administrativa
    • Comunicacional
    • Sala de Aulas
    • Preparação de Aulas
    • Produtividade
    • Informativa
  2. Web 1.0
    • Tecnologia Educativa
    • Learning Management Systems
  3. Web 2.0
    • Personal Learning Environments
    • Web 2.0 e seus serviços
      • Facebook
      • Twitter
      • Google Apps
      • YouTube
      • Real Time Internet
    • Web 2.0 na educação
  4. Cadernetas Virtuais
    • Caracterização
    • Exemplos e casos

 

publicado por nunobarros às 16:49 | comentar | ver comentários (2)
21
Out 10

Enquadramento teórico (índice provisório)

  • Utilização das Redes Sociais na Educação

    Web 2.0

  • Personal Learning Environments

  • Redes Sociais

    • Facebook

    • Twitter

    • Google Apps

    • YouTube

  • Plataforma “Palcos Virtuais”

    • Metodologia Intra-Ten

  • Caderneta Virtual

 

publicado por nunobarros às 23:48 | comentar | ver comentários (1)
21
Out 10

Referências...

  • Lévy, P. (1999). Cibercultura (1ª ed. Vol. 231): Editora 34.
  • Cross, R., & Parker, A. (2004). The hidden power of social networks : understanding how work really gets done in organizations: Harvard Business School Press.
  • Quivy, R., & Campenhoudt, L. V. (2008). Manual de Investigação em Ciências Sociais (J. M. Marques, M. A. Mendes & M. Carvalho, Trans. 5ª ed. Vol. 17): Gradiva.
  • Machado, R. G. (1999). Sistema de Informação Baseado numa Intranet para a Gestão Pedagógica de uma Escola do Ensino Secundário. Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.
  • Shih, C. (2009). The Facebook Era: Prentice Hall.
  • Johnson, D. (2009). Connections for Learning: Schools and the Educational Use of Social Networking. Consultado em https://saywire.com/ a 23/10/2010
  • Griffith, S., & Liyanage, L. (2008). An introduction to the potential of social networking sites in education. Paper presented at the Emerging Technologies Conference 2008. http://ro.uow.edu.au/etc08/9/
  • Anderson, P. (2007). What is Web 2.0? Ideas, technologies and implications for education. In J. T. a. S. Watch (Ed.).
  • McLean, N. (2009). Technology can bridge the gap between parents and schools. The Independent.
  • Giurgiu, L., & Bârsan, G. (2008). The Prosumer – Core and Consequence of the Web 2.0 Era. Revista de Informatica Sociala, Vol. 5.
  • Grant, M. M., & Mims, C. Web 2.0 in Teacher Education: Characteristics, Implications and Limitations Wired for Learning: An Educator’s Guide to Web 2.0 (pp. 343-360).
  • Using Facebook to Improve School Communication. (2009, 24/11/2009).  Retrieved from http://edbuzz.org/sroner/2009/11/using-facebook-to-improve-school-communication/
publicado por nunobarros às 23:24 | comentar
15
Out 10
15
Out 10

Especificação do tema: "Impacto da ferramenta Web 2.0 - Caderneta Virtual junto dos elementos da comunidade educativa"

Esta será uma primeira tentativa da especificação do tema proposto.

Sendo um projecto a implementar, seria de esperar que o tempo disponível para o fazer não iria ser suficente no âmbito desta dissertação.

Desta forma, houve que especificar mais o tema para umn ds módulos que, realmente, será implementado para, posteriormente, se aferir o seu impacto junto da comunidade educativa.

Este módulo deverá ter uma vertente comunicacional dirigida à utilização das ferramentas disponibilizadas pela Web 2.0.

Por enquanto, continuo a pesquisar... a pesquisar... a pesquisar... a pesquisar... a pesquisar...

E a pensar... a pensar... a pensar... a pensar... a pensar... a pensar... a pensar...

...

publicado por nunobarros às 14:48 | comentar | ver comentários (3)
07
Out 10
07
Out 10

Vídeo de Apresentação

publicado por nunobarros às 23:15 | comentar
06
Out 10

State of the Art

Através de alguma pesquisa na internet e algum conhecimento de sites dedicados a esta temática, elaborei a seguinte tabela com alguns Prós e Contras:

Nome da Plataforma
PrósContrasCaderneta Virtual

Plataforma

"Palcos Virtuais"

  • Funcionalidades associadas
  • Inovação (na data em que foi criada) relativamente à tecnologia utilizada
  • Abrangência dos serviços disponibilizados
  • Serviços inovadores:
    • Sistema Automático de Convocatórias
    • Sistema Automático de Vigilâncias
    • Caderneta Virtual
  • Interface desactualizado
  • Desadequação da forma de comunicação relativamente às tendências da Web 2.0
  • Dificuldade em lançar nova informação (muito embora esteja suportada em bases de dados)
  • Dificuldade no arranque da aplicação da mesma plaforma em outras escolas
  • Não adaptada às novas realidades de organização escolar: agrupamentos e mega-agrupamentos
  • Plataforma pioneira na utilização deste tipo de ferramenta
  • Substitui na escola de origem (Escola Secundária de Emídio Navarro - Viseu) as informações intercalares dadas pelos professores aos Directores de Turma
  • Pouco flexivel visto não ter sido ainda reformulada desde a sua origem
  • Não faz estística a partir dos dados lançados
  • Assume a caderneta como ferramenta apenas de informação relativa à avaliação dos alunos
Linkly
  • Permite personalização (quase) total do interface relativamente às diferentes escolas que a adoptarem
  • Utilização de perfis de utilizadores
  • Partilha de informação disponibilizada em alguma redes sociais
  • Possibilidade de integração com plataformas LMS e administração escolar
  • Denota alguma falta de profissionalismo na documentação disponibilizada
  • Interfaces de gestão complexos demais para a realidade em questão
  •  Não aproveita a estrutura organizacional de uma escola para a definição dos perfis de utilizadores
  • Apenas possui módulo de comunicação com os diversos elementos da comunidade educativa
escolinhas
  •  Comunicação baseada em redes socias (privadas ou não)
  • Funcionalidades multimédia adaptadas ao nivel de ensino em questão
  • Possibilidade de integração com plataformas LMS
  •  Limitada ao ensino básico
  • Não permite personalização dos interfaces no caso da adopção por várias escolas
  • Para algumas funcionalidades mais avançadas é necessário o pagamento de uma licença
  • Apenas possui módulo de comunicação com os diversos elementos da comunidade educativa
Portal das escolas
  •  "Propriedade" do Ministério da Educação (!)
  • Abrangência em termos de número de escolas
  • Não utilização das redes sociais mais conhecidas
  •  Não vocacionado para a comunicação entre elementos da comunidade educativa
Edmodo
  • Baseado nas ferramentas de  comunicação Web 2.0 para os diversos elementos da comunidade educativa
  • Permite "embeber" recursos construídos em outras ferramentas
  • Apenas tradução pt-br
  • Mais adaptado à gestão feita por professores
  • Possui módulo de comunicação de notas de trabalhos para os diversos elementos da comunidade educativa
Halton Learning Platforms
  •  Plataforma agregadora dos diversos sites de diversos níveis de ensino
  •  Sites baseados ainda em tecnologia Web 1.0
  •  Não vocacionado para a comunicação entre elementos da comunidade educativa
Cirip.ro
  • Baseado nas ferramentas de  comunicação Web 2.0 para os diversos elementos da comunidade educativa
  • Permite "embeber" recursos construídos em outras ferramentas
  •  
  •  
Saywire Elements
   

 

(...) em desenvolvimento

publicado por nunobarros às 22:21 | comentar

O que poderei fazer

Depois do estudo inicial, este poderá dar origem a um protótipo funcional ou não, da plataforma final.

É claro que este é um projecto que, posteriormente, levará algum tempo a ser concretizado, e com o envolvimento de mais do que uma pessoa.

Com o desenvolviemnto do protótipo, será facilitada a sua implementação, através da estruturação de todas as suas funcionalidades.

 

(...) em desenvolvimento

publicado por nunobarros às 22:17 | comentar
06
Out 10

O que pretendo fazer

Este trabalho servirá de estudo base para que se implemente posteriormente uma plataforma online de gestão pedagógica na escola onde lecciono.

Este trabalho tem como obejctivos:

  • Obter pistas e resultados que confirmem os aspectos positivos da utilização das ferramentas web 2.0 na gestão pedagógica, administrativa e/ou educativa de escolas do ensino não superior.
  • Estabelecer escala de comparação para que se perceba em que nível a comunicação colocada nas redes socias, pode deixar de ser considerada uma aprendizagem não-formal, para ser considerada aprendizagem informal ou até, em casos extrremos, ser utilizada como aprendizagem formal.

Tendo em conta que a escola que servirá de case studie, muito embora seja uma escola de renome na região em termos de utilização das novas tecnologias, encontra-se numa região ainda de características rurais onde grande parte dos elementos da comunidade educativa não têm acesso privilegiado às novas tecnologias, tentarei numa fase inicial fazer divulgação, directa ou indirecta, das potencialidades destas ferramentas. 

Posteriormente, através de recolha dos feedbacks, tentarei organizar um conjunto de serviços passiveis de serem convertidos em serviços web 2.0.

Caso o protótipo seja implementado, realizar testes in-loco com os diversos elementos da comunidade educativa, de forma a aferir o impacto que este poderá ter na sua versão final e definitiva.

(...) em desenvolvimento

 

publicado por nunobarros às 21:54 | comentar
05
Out 10

Título...

É difícil definir um título para este trabalho, pelo menos nesta altura considerada de arranque.

Mesmo assim, poderei arriscar em propor três títulos possíveis:

  • Impacto das redes sociais na comunicação entre os diversos actores da comunidade educativa
  • As redes sociais como forma de evitar o sonambulismo tecnológico na gestão do ensino não superior
  • Alterações nucleares a ter em conta, pela gestão, na adopção das redes sociais como meio privilegiado de comunicação em escolas do ensino não superior

É claro que neste momento tudo fica em aberto, deixando para depois a efectivação de um possível título.

É de notar que este projecto tem um objectivo principal estabelecido: conceber a plataforma que virá a ser utilizada na escola que serve de "case studie" - Escola Secundária de Emídio Navarro de Viseu

 

Orientação: Margarida Almeida

Co-Orientação: Fernando Lima

publicado por nunobarros às 22:54 | comentar
05
Out 10

Razões da escolha deste tema

Sou professor do ensino secundário desde 1994, da Área Disciplinar 550 - Informática.

Sou do quadro de escola da Escola Secundária de Emídio Navarro - Viseu desde 1999.

Participo, como programador, num projecto originado pela tese de mestrado de um colega já falecido, desde o ano que efectivei na escola (dissertação aqui).

Tal como refiro no post "A Origem do Projecto" este tem como principal função a gestão da informação pedagógica de uma escola secundária.

O projecto tem vindo a evoluir, mas chegou o momento de sofrer uma mutação mais do que necessária.

As (novas) realidades existentes na Web 2.0 obrigam a um pouco de meditação relativamente à viabilidade da utilização das ferramentas disponibilizadas pelas redes sociais e à receptividade / aceitação deste conceito por parte da comunidade educativa.

Com o contacto da actual Direcção da escola relativamente a este assunto, achei que era a isso a que me devia propor neste projecto.

publicado por nunobarros às 22:12 | comentar